Um Diagnóstico de Câncer Longe de Casa

5-beneficios-de-parar-de-fumar-www.cancerdoctor.center
5 Motivos para Repensar o Tabagismo!
9 de abril de 2021
Tenho câncer, vou ter queda de cabelo?
29 de maio de 2021

A maioria de nós temos sonhos de sair de casa, viajar e conhecer novos lugares. Uma viagem de férias ou uma oportunidade de trabalho em outro pais podem ser o sonho e objetivo de uma vida. Além disto, muitos profissionais por exemplo, viajam constantemente a negócios e permanecem um longo tempo fora de casa. O diagnóstico de câncer longe de casa é sem dúvida alguma, um transtorno social, psicológico e econômico.

Na eurofia as pessoas esquecem de fazer algum tipo de seguro médico ou plano de saúde. Ou ainda, não tem mesmo condição financeira para tal.

Diante deste ritmo de vida frenético da sociedade moderna, sinais e sintomas podem passar desapercebidos. Sendo assim, pode haver uma surpresa muito desagradável: um diagnóstico de câncer longe de casa.

O diagnóstico de câncer

Como foi dito, uma oportunidade de trabalho no exterior podem surgir de repente. Na euforia da preparação é muito comum as pessoas deixarem para trás por exemplo um check-up básico. Aliás, principalmente os homens. Eles frequentemente negligenciam a própria saúde.

Mas não apenas no exterior podem acontecer fatos desagradáveis. Quem nunca ouviu alguma história de alguém em viagem mesmo dentro do país, passar mal e ser operado de urgência. Voltar de uma viagem com por exemplo, uma bolsa de colostomia, um corte no abdome e com um abalo psicológico não é o sonho de ninguém.

Sendo assim, todas pessoas que desejam morar fora, passar um tempo no exterior ou ainda fazer uma viagem mais longa precisam sim estar atentos à sua situação de saúde.

Evitando surpresas.

Todas as pessoas precisam saber sobre seu passado médico. Este histórico não é apenas pessoal, mas sobretudo familiar. Por exemplo, uma história de câncer de intestino em duas gerações passadas deve sim ter valor. Todos nós sabemos que o câncer tem um fator hereditário. Em alguns tipos de neoplasias malignas o fator genético tem um grande impacto.

O gene p53, chamado de supressor tumoral é por exemplo, o responsável pelo aparecimento de diversos tipos de tumores. Desta forma, a história familiar pode ajudar muito na prevenção e também no diagnóstico precoce de certas doenças.

Prevenção

As sociedades médicas produzem protocolos e diretrizes pra prevenção e detecção precoce do câncer. Os dois tipos de câncer em que há um trabalho mais de efetivo de prevenção são com certeza o câncer de próstata e o de mama. Desta forma, o ultrassom de mamas em mulheres jovens e a mamografia nas demais é consenso. O câncer de mama é altamente curável nas fases iniciais e não deve ser subestimado.

As mulheres geralmente tem um bom conhecimento sobre o assunto, mas todo cuidado é pouco. Da mesma forma, a prevenção do câncer de próstata com o exame de toque e o PSA é também fato conhecido e necessário. Porém, há alguns tipos de tumores que infelizmente podem ser diagnosticados tardiamente, e em uma situação de urgência.

Então, um diagnóstico de câncer fora de casa pode e deve ser evitado com algumas medidas

Urgências Oncológicas. Fique livre Delas.

Sem dúvida alguma, alguns tipos de tumores podem causar emergências mais facilmente que outros. Estas emergências são variadas e dependem do orgão acometido e do tipo de câncer. Para fins práticos, vamos dividir aqui por órgãos e os possíveis cenários. Da mesma forma, as medidas preventivas serão abordadas.

Câncer Cólon e Reto ( intestino grosso)

Os tumores de cólon e reto podem ser fatais. Para ilustrar imaginemos que a luz do intestino, ou seja a parte interna, possa ser dividida em quatro quadrantes. Um tumor maligno de cólon ou reto demora aproximadamente 6 meses para ocupar cada quadrante deste.

Pois bem, quando um paciente (no caso um viajante ou forasteiro) chega a um serviço de emergência com obstrução intestinal, esta é sem dúvida uma situação muito grave. Uma neoplasia maligna do intestino groso com pelo menos dois anos de evolução pode se apresentar com metástases em fígado ou em peritônio (membrana que recobre os órgãos e cavidade abdominal).

Não raro, nestas situações acontece primeiro a obstrução intestinal e posteriormente a perfuração. Com isso, as fezes e células malignas irão contaminar toda cavidade abdominal. Nas urgências oncológicas relacionadas aos tumores do aparelho digestivo, a conduta mais comum é a cirurgia.

Desta forma, a cirurgia de emergência a ser realizada nesta situação é a chamada de laparotomia exploradora. Geralmente, este é o cenário. Com anestesia geral, é feito então um corte no abdome. Quando possível, removido o tumor e colocado uma bolsa de colostomia na parte de fora. As fezes serão coletadas por essa bolsa. A cavidade abdominal deve ser limpa, fechada e o paciente é então encaminhado para uma unidade de terapia intensiva (UTI).

Certamente, esta é uma situação trágica e quando ocorre a doença maligna está avançada. Para se evitar isto, antes de uma viagem longa ou um período de trabalho no exterior, toda pessoa deve realizar uma colonoscopia. Se houver história familiar, 35 anos é a idade limite. Faça uma colonoscopia. Se caso houver pólipos que são os precursores de câncer, neste exame já podem ser ressecados.

Estômago

Sem dúvida, os tumores do aparelho digestivo são agressivos e podem ser letais. O câncer de estômago não é exceção. Por ser um órgão grande, o câncer pode acometê-lo em diferentes locais. O câncer de estômago tem certamente um fator hereditário .

Queimação, pirose, azia e dor epigástrica ou “na boca do estômago” são sinais e sintomas comuns. Por isso, mesmo uma pessoa jovem não deve achar que é somente uma forma gastrite ou doença do refluxo. A endoscopia é um exame barato, fácil, rápido e deve ser realizada sempre que houverem sintomas.

Uma situação a ser evitada seria uma perfuração gástrica por neoplasia malígna. Em outras palavras, um tumor avançado que perfurou o estômago dentro do abdome e assim causou uma infecção generalizada. A peritonite, inflamação do peritônio pode ser fatal. Tumores grandes podem não perfurar mas obstruir todo estômago. Esta é uma situação igualmente grave, a doença está avançada.

Com certeza esta é uma situação evitável. Não dar atenção ao sinais e sintomas pode ser um caminho sem volta. Longe de casa, pode ser pior ainda. Portanto, antes de uma empreitada distante e possivelmente longa, uma endoscopia digestiva alta também é um exame a ser realizado.

Pâncreas e Vias Biliares: o amarelão

Embora os tumores malignos de pâncreas, fígado e vias biliares aconteçam principalmente em pessoas mais idosas, é cada vez mais comum em pessoas jovens e de meia idade. De forma geral, o câncer nessas estruturas podem se apresentar com icterícia. Neste caso, esse amarelão ou icterícia é causado pela bilirrubina impregnada nos olhos, pele e mucosas.

Caso isso ocorra em um outro pais, ou longe de casa, com certeza é um grande problema. Para o diagnóstico e tratamento desses tumores é preciso um aparato médico extenso. O tratamento com certeza é de alto custo, complexo e sobretudo pode se tratar de uma doença grave.

Geralmente a icterícia ocorre quando ocorre obstrução dos ductos de drenagem do fígado. Esses ductos confluem em um canal chamado de colédoco. Esse por sua vez passa dentro do pâncreas. Portanto, a icterícia pode ter várias etiologias. Doenças benignas como cálculos, hepatite e outras tantas. Mas doenças malignas como câncer de pâncreas, vesícula e vias biliares podem também ser a causa.

Sinais de alerta:

  • Prurido, ou coçeira pelo corpo
  • Dor nas costas. Inicia-se no abdome e irradia para o dorso
  • Perda de peso inexplicada
  • Epigastralgia, dor na “boca do estômago”

Claro, nem sempre quem tem um ou mais dos sintomas acima obrigatoriamente tem um câncer. Porém, estes podem ser sim sinais de alerta para um mal maior.

Portanto, para quem pensa em trabalhar no exterior ou viajar por um período mais extenso, algumas medidas podem ser tomadas. Um exame de ultra-som de abdome pode ser muito útil. Não é invasivo e sobretudo é de baixo custo e fácil acesso. Caso haja uma preocupação a mais, a tomografia de abdome é um exame de triagem bem completo. Porém, para pessoas com alta suspeição ou diagnóstico de neoplasias de pâncreas e vias biliares, a ressonância magnética é o exame de imagem mais indicado.

Finalmente, exames de sangue, como o marcador tumoral CA 19.9 não tem muita utilidade diagnóstica, porém são usados para seguimento durante o tratamento das pessoas que tem câncer.

Tireóide

O câncer de tireóide é um tumor indolente, e na maioria dos casos, com pouca agressividade. Mas chegar em um outro país, por exemplo, e descobrir que vai precisar de um tratamento cirúrgico, não é nada bom.

Para também se previnir de surpresas desagradáveis, recomenda-se um ultra-som de tireóide com doppler. Caso seja necessário uma biópsia por agulha fina em um nódulo suspeito pode ser necessário. Em relação a exames de sangue, a tireoglobulina pode ajudar no diagnóstico do câncer de tireóide.

Tumores Ginecológicos: sangramentos via vaginal

As mulheres costumam cuidar muito bem da saúde. Mas claro, podem ser pegas de surpresa. Um sinal que nunca deve ser desprezado: o sangramento via vaginal. Nem sempre isto é devido ao uso de pílula ou um sinal de alteração de ciclo hormonal. O câncer ginecológico não pode ser negligenciado, e pode ser letal.

O HPV é um vírus transmitido facilmente, inclusive com uso de preservativos. Não é raro mulheres muito jovens serem infectadas por esse vírus. A consequência mais danosa dele é, sem dúvida alguma, o câncer de colo de útero. Quando o tumor está ulcerado, ou com uma ferida, pode haver o sangramento após a relação sexual ou até espontâneo.

Todo o sistema ginecológico da mulher pode ser atingido por alguns tipos de câncer. Sempre é preciso dar atenção para o ovário, trombas e também para o corpo de útero. Sendo assim, o exame de papanicolau é indicado para prevenção e diagnóstico de câncer de colo de útero. Para a pelve, o ultrassom pélvico e transvaginal também pode auxiliar na triagem e no diagnóstico das neoplasias ginecológicas.

No caso de ir passar uma temporada longa fora de casa, com difícil acesso aos serviços médicos, a mulher deve-se fazer todos os exames preventivos. Em outro país, ou em um local distante, tudo pode ser mais difícil e traumático.

Outros tipos de câncer

Antes de embarcar para um outro país, ou um local distante de casa devemos ter também atenção sobre outros tipos de câncer. As lesões de pele pigmentadas irregulares e elevadas devem ser vistas por um especialista. O melanoma é um câncer maligno muito agressivo. Sendo assim, um dermatologista ou cirurgião oncológico deve avaliar estas lesões.

O câncer de pulmão não costuma acometer pessoas jovens, mas sobretudo os fumantes precisam sim de uma avaliação prévia. Procurar uma forma segura e efetiva de parar de fumar é o ideal. Inicialmente uma radiografia de tórax pode ser o exame inicial a ser realizado.

Exames preventivos.

Uma consulta médica com um especialista é essencial. Os exames preventivos para uma jornada segura devem ser: endoscopia, colonoscopia, raio-x de tórax, ultra-som de abdome ou tomografia computadorizada. O ultra-som de tireóide com doppler também faz parte deste check-up. Para as mulheres jovens é preciso uma avaliação das mamas com ultra-sonografia e, se necessário, mamografia. Ultrassom pélvico e transvaginal complementam o exame ginecológico com papanicolau

A Cancer Doctor é especialista em segunda opinião em oncologia. Porém, podemos oferecer ajuda para as pessoas que se encontram longe de casa e em situação de fragilidade, como por exemplo um diagnóstico de câncer. Nossa equipe é experiente, treinada e atuante. Nosso médicos são especialistas dos maiores centros de tratamento de câncer do Brasil. São médicos renomados no país e reconhecidos internacionalmente.

Atuamos também para elucidar resultados de exames, condutas, cirurgias e todos os tipos de tratamento oncológicos e também de dor.

Nosso programa de combate ao tabagismo é baseado em evidências científicas e com especialistas no assunto. A Cancer Doctor pode lhe ajudar quando você mais precisar, onde estiver.

Existem muitos sites com informações relevantes para consulta, com opor exemplo o INCa – Instituto Nacional do Câncer do Brasil e o NCI- Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos.

© 2021 Copyright – Cancer Doctor | www.cancerdoctor.center by T.E.H.S – Technology for Health Solutions LTDA | Todos os Direitos Autorais Reservados.

Responsável Técnico Médico: Vinicius de Lima Vazquez – CRM 82245-SP | RQE Nº: 24479 Cancerologia e RQE Nº: 244791 – Cirurgia Oncológica


Se você tem dúvidas ou precisa de uma consulta oncológica, fale conosoco. Estamos à disposição para ajudar.
Se você tem dúvidas ou precisa de uma consulta oncológica, fale conosoco. Estamos à disposição para ajudar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortugueseSpanish